Por Onde Andas, Philip Michael Thomas?

O ator Philip Michael Thomas ficou mundialmente conhecido como o detetive Ricardo Tubbs, parceiro do detetive Sonny Crockett na série de TV Miami Vice, em exibição atualmente no canal pago TCM.

Foto mais recente

Foto mais recente

Nascido em 1949 e de família religiosa, sua verdadeira paixão foi a música. Cantor e compositor desde os 11 anos, foi influenciado por sua família a seguir carreira religiosa, onde foi ordenado pastor pentecostal aos 16 anos.

Mas foi por causa da música que Philip não seguiu a carreira clerical e foi parar na Broadway em 1971, como um dos cantores do musical “No Placeto Be Somebody”.

Um produtor que assistiu à peça fez convite para Philip fazer uma ponta como um pastor evangélico na sequência do filme “Rififi no Harlem, Deixe a Cidade se Vingar”, de 1972.

Após esse papel, fez outras aparições em séries de TV e telefilmes, trabalhando como extra ou coadjuvante, algo que não era suficientes para dar o estrelato a Phillip.

philip-michael-thomas-cdEm 1984, ao se apresentar em um clube de Miami, Thomas foi visto pelo produtor Michael Mann e convidado a estrelar a uma nova série que seria filmada inteiramente na cidade de Miami.

Miami Vice foi um sucesso estrondoso, ditou moda na época, nas roupas, música e também mostrou um lado da cidade que nem todos queriam ver. Ela foi ao ar originalmente de 1984 a 1990, nos EUA.

Após o fim da série, Thomas voltou ao anonimato, o que permitiu novamente investir na carreira de cantor e compositor, gravando vários álbuns e fazendo apresentações.

Ocasionalmente, aparece como ator convidado de alguma série ou emprestando sua voz para alguns jogos de vídeo games.

Abaixo, o video-clip “Just the way I planned it”, de 1985.

O autor desta matéria é David Piraino. Escreva para nós e faça seus comentários.

Comentários

  1. gostei da matéria,não sabia que ele era cantor,e por sinal muito bom .

  2. Adriano disse:

    Legal saber das outras atividades desse grande ator.Miami vice só era bom com ele e o Don Johnson.