Especial Chapéu e Gravata Hanna-Barbera – Parte 10: Loopy Le Beau

Prosseguimos com o Especial Chapéu e Gravata Hanna-Barbera, falando agora sobre Loopy Le Beau (Loopy De Loop), a primeira e única série animada produzida pela dupla Hanna-Barbera para o cinema, após deixar a MGM e abrir seu próprio estúdio.

Ficha-Técnica

loopy-le-beau-logoTítulo: Loopy De Loop / 1959-65 / EUA / Cor
Formato: 48 curtas de animação produzidos para o cinema com duração de 7 minutos cada, exibidos em série própria, totalizando 7 temporadas
Primeira Aparição: “Wolf Hounded” (1959)
Exibição de Estreia: 05/11/1959, exibido nos cinemas e distribuído pela Columbia Pictures
Roteiro: Michael Maltese, Warren Foster, Tony Benedict e Dalton Sandifer
Exibição no Brasil: TV Bandeirantes (anos 1970/80) e Boomerang (anos 2000)
Dublagem: AIC/SP, com Older Cazarré (Loopy Le Beau – 1ª voz), Waldir Guedes (Loopy Le Beau – 2ª voz), Carlos Alberto Vacari (narrador)

Introdução

Como já é do conhecimento de todos, a dupla Hanna-Barbera iniciou sua parceria em 1939, no MGM Cartoon Studio, quando começaram a produzir sua primeira e (logo de cara) bem-sucedida série de curtas animados para exibição nos cinemas, Tom e Jerry (Tom and Jerry, 1940-58). Porém, em meados dos anos 1950, a produção de animação cinematográfica começou a perder seu apelo comercial e os cinemas já não davam mais lucro com os curtas animados, fazendo com que a MGM demitisse a famosa dupla de animadores e toda a sua equipe em 1957. Concluindo que o futuro da animação estava mesmo na televisão, Hanna e Barbera resolveram, então, abrir seu próprio estúdio naquele mesmo ano, a HB Enterprises (dois anos mais tarde renomeada Hanna-Barbera Productions) e levar consigo praticamente a maioria de sua antiga equipe da MGM.

loopy-le-beau-materia1Em 1959, após deixar a MGM e antes de assumir de vez a produção de desenhos animados para a tevê, a dupla Hanna-Barbera resolveu fazer uma incursão em uma nova série de desenhos animados para o cinema, porém, utilizando a mesma técnica de animação limitada. Assim, foi criado o personagem querido e bem intencionado Loopy Le Beau, o lobo bom.

Visão Geral do Personagem e a Série

Loopy Le Beau é um lobo antropomórfico que veio do Canadá. Usa um cachecol e um típico gorro canadense e ainda fala um inglês mutilado pelo seu sotaque franco-canadense. Foi aos EUA principalmente para tentar limpar o nome dos lobos, que são geralmente vistos como criaturas más, esfomeadas e sanguinárias. Geralmente se apresenta com a seguinte fala: “Eu sou Loopy Le Beau, o lobo bom” (I am Loopy De Loop, the good wolf). Assim como nunca foi tarefa fácil para Gasparzinho, o Fantasminha Camarada (Casper, The Friendly Ghost, 1945-63, Famous Studios/Paramount) convencer uma pessoa de suas boas intenções, Loopy também sofre muito e se dá mal durante toda a série, geralmente apanhando ou sendo perseguido por essas mesmas pessoas que ele ajuda (ou pelo menos tenta ajudar). Tudo porque ele é incompreendido pela sociedade local devido ao simples preconceito de ser um lobo.

loopy-le-beau-materia2

Apesar de ser o Lobo Bom, Loopy Le Beau sempre acaba agredido

No decorrer da série, Loopy interage com pessoas comuns (fazendeiros, donas de casa, caçadores), arquétipos da literatura infanto-juvenil (Chapeuzinho Vermelho, Três Porquinhos, Lobo Mau, Cão Pastor), um exército de coelhinhos, um lobo mau-caráter que tenciona praticar o mal e até mesmo uma loba chamada Gaga, que lhe joga charme, usando-o para tentar obter a todo custo uma pele de cordeiro para fazer uma indumentária para ela. E o resultado é sempre o mesmo, ou seja, o tiro saindo pela culatra.

O nome do personagem é uma combinação inspirada em um jogo de palavras, como segue:

- Loop de loop: manobra de 360 graus (looping) idêntica ao movimento de uma roda gigante, feita no ar geralmente por pilotos de caças acrobatas;
- Canis Lupus: nome científico dado ao lobo, haja visto que o mamífero pertence à família dos cães, sendo “lupus” inclusive a base para o nome “loup” (lobo em francês);
- Loopy: sinônimo de louco ou excêntrico.

Outras Aparições

loopy-le-beau-materia3

Cena de episódio de Loopy Le Beau que aparece no filme “Os Monkees Estão Soltos”

- Loopy aparece em uma breve cena no filme “Os Monkees Estão Soltos” (Head, 1968, Columbia Pictures);

- Loopy faz uma participação na série Yo Yogi! (Idem, 1991, NBC), como funcionário do The Picnic Basket, estabelecimento localizado na praça de alimentação do Shopping Jellystone;

- Faz duas aparições na série Harvey, o Advogado (Harvey Birdman, Attorney At Law, 2000-07, Cartoon Network). Loopy aparece no episódio Jurado na Corte (Juror in Court) e em sua continuação, chamada “A Morte de Harvey” (The Death of Harvey). Em “Jurado na Corte”, Loopy aparece rapidamente fugindo de uma prisão junto com muitos outros clientes de Harvey. Não se sabe porquê Loopy estava presente, já que ele não havia aparecido no programa antes, tampouco era cliente de Harvey).

Loopy Le Beau em DVD

loopy-le-beau-dvdA Warner Home Vídeo lançou no mercado americano, no dia 9 de setembro de 2014, a coleção completa de Loopy Le Beau como parte da coleção Hanna-Barbera Classics Collection, outrora denominada Hanna-Barbera Golden Collection (no Brasil chamou-se Coleção Hanna-Barbera). Não há previsão de lançamento deste box no mercado brasileiro.

best-of-warner-bros-hanna-barberaEm 2013, os estúdios Warner Bros. completaram 90 anos e a Warner Home Video lançou em alguns países a série “Best of Warner Bros.“, que trouxe filmes, desenhos e séries de seu acervo em DVD, além de alguns filmes em Blu-ray. Entre estes lançamentos, uma caixa intitulada “25 Cartoon Collection – Hanna-Barbera”, lançada nos EUA/Canadá, disponibilizou, também, dublagens em português do Brasil (PT-BR), apesar de não ter sido lançada aqui (mas foi preparada para isso). Trata-se de uma coletânea de episódios com desenhos animados clássicos da Hanna-Barbera em dois DVDs. Há novas cópias remasterizadas, além do documentário “Here Comes a Star” (1964), que mostra imagens raras dos bastidores da Hanna-Barbera em seus primeiros anos. Nesta caixa, foi disponibilizado um episódio de Loopy Le Beau — “Wolf Hounded” (1959), porém, com uma redublagem em português. Esta caixa pode ser importada por meio de sites como www.cdpoint.com.br e www.amazon.com.

// O autor desta matéria é Alexandre Marques Silva. Escreva para nós e faça seus comentários.

// Lista de Episódios de Loopy Le Beau

ESPECIAL CHAPÉU E GRAVATA HANNA-BARBERA
Introdução | Jambo e Ruivão | Dom Pixote | Plic e Ploc | Zé Colmeia | Pepe Legal | Joca e Dingue Lingue | Olho-Vivo e Faro-Fino | Bibo Pai e Bobi Filho

Multimídia

Clique e assista a um trecho de episódio de Loopy Le Beau (em inglês), com imagens remasterizadas para a coleção de DVD:

Imagens

Clique para ampliá-las.