Milton, o Monstro

Ficha-Técnica

milton-o-monstro-logo-smallTítulo Original: Milton the Monster Show (1965-68 / EUA / Cor)
Criação: Hal Seeger
Produção: Hal Seeger
Estúdio: Hal Seeger Productions
Formato: 26 shows de 30 min.  (36 ep. de Milton, o Monstro, 26 ep. de Furacão, o Mosco Heróico, 5 ep. de Flukey Luke, 6 ep. de Muggy-Doo, 3 ep. de Penny Pinguin, 3 ep. de Stuffy Derma)
Exibição no Brasil: TV Tupi (1977-79), TV Record (1981-83), Tele Uno (1996-97)
Dublagem: Dublasom (Guanabara)

Milton, o Monstro

Produzido em 1965 pelo estúdio “Hal Seeger Productions” (também responsável pelo desenho Batfino), o desenho Milton, o Monstro tem como protagonista um ser parecido com Frankenstein. Mas, ele é muito simpático e tem um coração puro e generoso, sendo incapaz de ferir uma mosca.

materia1

Milton, Jeebie, Heebie, Prof. Weirdo e Conde Kook

A história de Milton começa no laboratório de um castelo assombrado. Lá, vive o Professor Weirdo, que se preparava para criar o ser mais terrível já visto na face da terra. Para isso, juntou vários ingredientes líquidos de maldade e colocou-os no molde de um homem, tais como “essência do terror” e “molho de sinistras”.

Por medo da sua criação destruir seu criador, o Professor Weirdo destina-se a acrescentar apenas algumas gotas da essência de ternura, mas seu auxiliar Conde Kook colidiu com o cotovelo do professor e o vidro inteiro foi despejado no molde. 

Assim nasceu Milton, um ser bondoso, carinhoso e muito gentil, que adorava todos os seres do mundo. O Professor ficou decepcionado no início, mas com o tempo afeiçoou-se à presença de Milton em seu castelo do mal. 

A criatura tem a mentalidade de uma criança. Adora brincar com seus brinquedinhos assustadores e enxerga no Professor Weirdo a figura de um pai. Usa terno e chapéu azuis e uma gravata borboleta.

No castelo também vivem outras criaturas do Professor Weirdo e, portanto, são “irmãos de criação” de Milton.

- Jeebie: um monstro peludo e de um olho só. Tem lento raciocínio e um único dente, afiado, que muitas vezes é usado para abrir latas de refrigerante.

– Heebie: um esqueleto ambulante, que usa uma túnica, uma peruca e uma cartola. Tem cara de zumbi e, na versão original, tem voz similar à do ator Peter Lorre.

materia2

Milton, o Monstro

O enredo mostra o Professor Weirdo tentando, a todo custo, esconder suas bizarras criaturas do mundo e se passar por um cientista normal e respeitável. Mas, Milton, com seu jeito inocente e trapalhão, sempre coloca seu criador nas mais variadas encrencas. Ao ficar agitado ou com medo, Milton solta de sua cabeça uma nuvem de fumaça, característica marcante e cômica do personagem.

O show Milton, o Monstro traz também outros cinco desenhos como apoio: Furacão, o Mosco Heróico (Fearless Fly), Flukey Luke, Muggy Doo, Stuffy Durma e Penny Penguin. Milton e sua turma aparecem, também, em “bumpers”, ou seja, vinhetinhas curtas chamando o intervalo.

O programa Milton, o Monstro teve duas temporadas. Na primeira, cada show exibe primeiro um episódio de Furacão, o Mosco Heróico, sendo que o desenho do meio, alterna entre Flukey Luke, Muggy Doo, Stuffy Durma e Penny Penguin. Por último, é exibido o aguardado episódio de Milton, o Monstro.

Na 2ª Temporada, cada show passou a exibir apenas um episódio de Furacão, o Mosco Heróico entre dois de Milton, o Monstro, no antigo formato “sanduíche”. Os outros desenhos não foram mais exibidos.

Furacão, o Mosco Heróico

Outro segmento popular do show Milton, o Monstro é Furacão, o Mosco Heróico (Fearless Fly). Trata-se de uma mosca aparentemente comum, chamada Hiran. É franzina, meio caipira, mansa, mora dentro de uma caixinha de fósforos mobiliada e não enxerga muito bem. Por isso, é auxiliada por uma bengala.

materia3

Furacão, o Mosco Heróico

Na maior parte de seu tempo, fica em um barzinho Sugar Bowl, dentro de um açucareiro, próximo de onde está instalada sua caixinha de fósforos. No local, encontra seus amigos e a pequena Flora, sua namorada. Quem sempre está presente também é o valentão Horsey, que está sempre disputando com Hiran o coração de Flora. Mas, na verdade, a pequena queria saber mesmo do destemido Furacão.

Quando há algum tipo de perigo, Hiran entra na caixa de fósforos mais próxima para colocar seu imenso par de óculos quadrados e poderosos, que fornecem milhões de mega-toneladas de energia através dos músculos sensíveis da cabeça. Assim, Hiran se transforma em uma mosca super-forte e super-veloz, atuando como o super-herói Furacão – O Mosco Heróico.

Ele atua no combate ao crime e ajuda os mais fracos, sendo que suas aventuras têm uma leve semelhança com as da Formiga Atômica, dos estúdios Hanna-Barbera.

Mas, Furacão tem um problema: é muito comum que ele perca seus óculos e isso faz com que ele, imediatamente, se torne uma simples e vulnerável mosca. Hiran lamenta sua má-sorte, dizendo ao público: “Sem os meus super-óculos de alta potência, estou indefeso!”.

Flukey Luke

Flukey Luke

O principal inimigo do Mosco Heróico é o tibetano Dr. Goo Fee e seu ajudante Gung Ho.

Milton e o Professor Weirdo fizeram algumas aparições ao longo desta série.

Flukey Luke

Flukey Luke é um cowboy moderno, que se mudou para a cidade com o seu cavalo e seu fiel companheiro indígena chamado Pena Pequena. Flukey se tornou detetive particular e abriu uma agência. O personagem foi criado como uma sátira do personagem das histórias em quadrinhos Lucky Luke.

Muggy Doo

Muggy Doo

Muggy Doo

Muggy Doo é uma raposa malandra que adora levar vantagem em cima dos outros.  Mas, sempre acaba tendo que pagar um preço por isso.

materia7

Stuffy Durma

Stuffy Durma

O atrapalhado andarilho Stuffy Durma herda uma luxuosa mansão e uma verdadeira fortuna. Mas, se recusa a abandonar a vida de mendigo nas ruas. Por isso, é constantemente perseguido pelo seu esnobe mordomo, que esforça-se ao máximo para tentar fazer de seu novo amo um verdadeiro lorde.

materia5

Penny Pinguin

Penny Pinguin

A pequena pinguinzinha Penny, travessa e sapeca por natureza, dá muito trabalho a seu pai Chester. Penny está sempre disposta a conseguir o que quer, da forma que bem entender. Em meio ao acesso de desespero de seu pai, ele faz de tudo para salvar sua pequena filha.

Hal Seeger, o Criador

O produtor faleceu em 2005, aos 87 anos. Começou sua carreira como animador-assistente no Fleischer Studios e foi um “ghost-writer” nas tirinhas de Betty Boop, de Bud Counihan. No final dos anos 1950, fundou em Nova York a Hal Seeger Productions, estúdio especializado em comerciais de televisão. No início de 1960, passaram a ser produzidos desenhos animados, incluindo Koko the Clown (inédito no Brasil), Milton, o Monstro e Batfino. O estúdio de Seeger também produziu a abertura do desenho The Porky Pig Show para a Warner Bros.

hal-seeger

Hal Seeger

Em Milton, o Monstro, Seeger, obviamente, fez um trabalho de caricatura, com tentativas de humor adulto, que teve sucesso até certo ponto. Milton é bom de se ver, especialmente em comparação com algumas das animações similares da época. Destaque, também para o trabalho de dublagem de Milton, na voz de Bob McFadden (brilhante e alegre). Mas, as piadas e gags, simplesmente, não têm quantidade suficiente para fazer Milton, o Monstro se destacar entre outros clássicos dos desenhos animados do “Saturday Morning” americano.

Amplamente vista como influenciada pelas séries contemporâneas A Família Addams (The Addams Family) e Os Monstros (The Munsters), na verdade, Milton, o Monstro já estava em pré-produção quando essas séries foram lançadas. Milton surgiu a partir da “Monstro Mania” cultuada na cultura juvenil popular durante o final dos anos 1950 e início dos anos 60. E visto neste contexto, é uma grande diversão.

»» Clique aqui para acessar a lista de episódios produzidos para o show Milton, o Monstro

No Brasil

Milton, o Monstro ganhou dublagem brasileira pelo estúdio carioca Dublasom. A série estreou no Brasil pela TV Tupi, em 1977, permanecendo na emissora até 1979. A TV Record comprou os direitos e exibiu a série entre 1981-83. Entre 1996-97, o canal Tele Uno, de propriedade da distribuidora Worldvision, tinha geração a partir do México para todo mercado latino de TV paga (sinal pan-regional) e exibiu o show Milton, o Monstro, com dublagens em espanhol. Foi a última vez que os brasileiros puderam ver a série na televisão. O Tele Uno também exibiu diversas séries e desenhos raros e clássicos distribuídos pela Worldvision. Muitos deles, com as devidas dublagens originais brasileiras, quando estavam disponíveis. Ou seja, já nos anos 1990, as dublagens de Milton, o Monstro já estavam perdidas ou deterioradas. O Tele Uno foi vendido para o grupo Sony e hoje chama-se AXN.

DVD

milton-monstro-dvdNos EUA, em março de 2007, o selo Shout! Factory lançou a série completa em um box com 4 DVDs. Os episódios estão apenas na língua inglesa, original, e as imagens foram todas tratadas, obtendo um excelente resultado. Para compra-lo, clique aqui.

Nos extras, um curta de Hal Seeger chamado “Wilbur, the Wanted” e os featurettes “Hal Seeger Home Movies: Milton & Fearless Fly at the N.Y.C. Toy Fair” (gravação amadora de Seeger em uma feira de brinquedos), “Sheriff for a Day – A Live Action Short – Starring Flukey Luke” (um filminho com Flukey Luke em carne e osso) e “Test Footage For The Live Action Footage” (teste de gravação).

Multimídia

Assista a um vídeo promocional da Foothill Entertainment dos EUA, atual detentora dos direitos de Milton, o Monstro. As imagens são do DVD lançado naquele país em 2007. Todos os episódios foram remasterizados, ou seja, som e imagens ganharam tratamento digital. Destaque para imagens de um boneco tamanho real de Milton, criado para divulgar a estreia da série, em 1965.

Assista ao primeiro show de Milton, o Monstro, completo, remasterizado (em inglês), trazendo Furacão, o Mosco Heróico, Flukey Luke e Milton, o Monstro:

Galeria