Blu-Ray: Divulgada capa americana de ‘Jackson Five’

Acaba de ser divulgada a arte da capa do Blu-Ray americano da série animada Jackson Five, que será lançado naquele país em 15 de janeiro de 2013.

Também em versão DVD, os lançamentos chegam ao mercado pelo selo Classic Media, recentemente adquirido pela Dreamworks Animation.

A novidade é que as 46 músicas do grupo executadas nos episódios foram totalmente remasterizadas.

Os preços sugeridos para compra nos EUA é de US$ 32,99 (edição em DVD) e US$ 39,99 (Blu-Ray + DVD). A pré-venda já começou por lá. Os brasileiros podem adquirir os boxes pelo site www.amazon.com (não há dublagem ou legendas em português).

Ainda não há notícias de que o lançamento chegue ao Brasil, apesar que há forte apelo por ter Michael Jackson no elenco.

O Jackson Five foi um grupo musical americano de Rythmin & Blues e Soul, formado em 1967 pelos jovens Michael Jackson e seus irmãos Jackie, Tito, Jermaine e Marlon, posteriormente incluindo Randy.

No final da década de 1960, as séries musicais faziam grande sucesso, como Os Monkees, A Família Dó-Ré-Mi e as animadas Josie e as Gatinhas, Butch Cassidy e os Sundance Kids, Missão Mágica, A Turma do Archie, Hardy Boys e outras. Com isso, a gravadora dos Jackson Five, chamada Motown, aproveitou o grandioso sucesso do grupo e encomendou a produção da série animada Jackson 5ive (Jackson Five), que ficou a cargo do estúdio Rankin/Bass.

A 1ª temporada da série animada estreou em setembro de 1971 e contou com 17 episódios. Na 2ª, o título do programa foi mudado para The New Jackson 5ive Show (O Novo Show dos Jackson Five) e contou apenas com seis episódios, indo ao ar até outubro de 1972, pela rede americana ABC, aos sábados de manhã. Foi reprisada uma década mais tarde, em 1985 (inclusive no Brasil), no auge da carreira do cantor. As aventuras envolviam uma rotina fictícia do grupo musical. Aos cinco irmãos, foi acrescentado o personagem real do empresário Berry Gordy, proprietário da gravadora Motown, como figura adulta da série.

Também participaram do programa o casal de ratinhos Ray e Charles (homenagem ao cantor) e a cobra azul Rosie, que eram animais de estimação de Michael na vida real.

As vozes dos Jackson foram dubladas pelos próprios músicos, o que aproximou o desenho dos clipes musicais da época. Houve participações especiais nos episódios, como da cantora Diana Ross. Em algumas delas, os olhos do pequeno Michael brilhavam ao encontrar Diana.

O foco de todos os episódios era em Michael Jackson, o menor dos irmãos, mas que sempre se colocou no meio de enrascadas. O tom era a comédia, com direito até a “claque”, que são aquelas risadas pré-gravadas, disparadas em algum momento cômico.

O desfecho das histórias sempre acontecia na linguagem do vídeo-clip. O Jackson Five executava alguma de suas canções sob um visual psicodélico, repleto de cores e formas, intercalando cenas do episódio, geralmente com perseguições e diversas outras situações de risco e cômicas.