Leonard Nimoy, o Spock de “Jornada nas Estrelas”, morre aos 83 anos

Leonard Nimoy, ator que interpretou o Sr. Spock na série e nos filmes da franquia “Jornada nas Estrelas” e ficou famoso pelo bordão “Vida longa e próspera!”, morreu nesta sexta-feira (27), em sua casa de Los Angeles, aos 83 anos.

SpockA morte, confirmada por sua mulher, Susan, ao jornal “The New York Times”, foi provocada por uma doença pulmonar obstrutiva crônica conhecida como DPOC. No último dia 19, o ator foi internado às pressas, com fortes dores no peito, em um hospital de Los Angeles. O diagnóstico da doença havia sido revelado por Nimoy em fevereiro do ano passado.

O ator foi fumante compulsivo durante décadas, mas largou o vício há cerca de 30 anos. Crítico severo dos males provocados pelo tabaco, ele chegou a postar mensagens no Twitter alertando sobre o consumo prolongado da substância. “Fumantes, entendam por favor. Se você parar de fumar depois de ser diagnosticado com lesões no pulmão, será tarde demais. Vovô diz: aprenda com minhas lições”.

O último tweet de Nimoy foi publicado na última segunda-feira. “A vida é como um jardim. Momentos perfeitos podem acontecer, mas não podem ser guardados, a não ser na memória”, escreveu o ator.

Repercussão

A notícia da morte de Nimoy repercutiu imeditamente nas redes socais, com declarações de colegas de trabalho, admiradores e instituições de pesquisa e espaciais, como a Nasa, que dedicou um tuíte ao ator. “Descanse em paz, Leonard Nimoy. Muitos de nós na Nasa fomos inspirados por ‘Jornada nas Estrelas’”.

William Shatner, que interpretou o Capitão Kirk na série e nos filmes, ao lado de Nimoy, divulgou uma declaração oficial à imprensa norte-americana lamentando a morte. “Eu o amava como um irmão. Nós todos iremos sentir falta de seu bom-humor, de seu talento e de sua capacidade de amar”.

O ator Zachary Quinto, que interpretou Spock nos recentes filmes “Star Trek” e “Além da Escuridão: Star Trek”, lamentou a morte em sua página pessoal no Instagram: “Meu coração está partido. Eu te amo profundamente, meu amigo querido. E eu sentirei saudades de você todos os dias. Que o canto dos anjos te conduza ao seu descanso”.

Carreira

Leonard Simon Nimoy nasceu em Boston no dia 26 de março de 1931. Além de ator, ele também era poeta, pintor e fotógrafo. Seu papel mais conhecido foi o de Sr. Spock, de Jornada nas Estrelas, mas Nimoy também atuou na clássica série Missão: Impossível entre 1969 e 1971.

Seu último trabalho foi novamente dando vida a Spock, no longa “Além da Escuridão: Star Trek”, de 2013. Este é o segundo longa da franquia sob direção de J.J. Abrams desde a retomada com “Star Trek”, em 2009, em que o ator também está no elenco.

Nimoy ainda reviveu seu mais famoso personagem em 2012, quando dublou um Spock de brinquedo que Leonard (Johnny Galecki) dá de presente a Sheldon (Jim Parsons) na série “The Big Bang Theory”.

O ator chegou a lançar duas autobiografias: “I Am Not Spock”, de 1977, e “I Am Spock”, de 1995. Na primeira, ele escreveu: “Em Spock, eu finalmente encontrei o melhor dos dois mundos: ser amplamente aceito na visão do público e ainda ser capaz de continuar a interpretar o forasteiro isolado por meio do personagem de Vulcan”.

Entre seus últimos trabalhos como ator, figuram ainda a série “The Fringe”, na qual interpretou o Dr. William Bell, e o filme “Transformers: O Lado Oculto da Lua”, no qual deu voz a Sentinel Prime.

Também diretor, Nimoy dirigiu dois filmes da franquia “Jornada nas Estrelas”, “À Procura de Spock” (1984) e “A Volta para Casa” (1986). Ele ainda foi o diretor responsável pela comédia “Três Solteirões e um Bebê” (1987).