Warner prepara série live-action com a família Jetson

A família Jetson vai retornar à tevê. Mas, desta vez, em carne e osso. A Warner Bros. está desenvolvendo uma sitcom em live-action que será uma recriação da famosa animação futurista.

os-jetson-capaPara a nova série, o estúdio contratou os produtores Gary Janetti (Family Guy, Will & Grace), Robert Zemeckis (“De Volta Para o Futuro”, “Uma Cilada Para Roger Rabbit”) e Jack Rapke. Ainda não há informações sobre elenco, direção ou previsão de lançamento.

Os Jetsons estreou na televisão americana em 1962, pela TV ABC, e teve 24 episódios. É uma produção dos estúdios Hanna-Barbera e foi o primeiro programa colorido a ser transmitido por aquela emissora. Rapidamente, a série animada se tornou bastante popular. A 2ª Temporada teve 41 episódios, exibidos entre 1985/87, também nos EUA. Por fim, a 3ª Temporada foi ao ar em 1987, com 11 episódios.

A série animada mostra uma família é chefiada por George Jetson, um homem dedicado, mas atrapalhado, e que está sempre estressado pela “longa” jornada profissional de três horas diárias, onde trabalha como apertador de botões em uma empresa chamada Spacely Sprockets. Aos 38 anos de idade, marido de Jane, pai de Judy e Elroy, começa seu dia com um refrescante chuveiro ultra-sônico, muito mais conveniente que os tradicionais chuveiros molhados. Adora assistir ao programa “Hill Stars Blues” e a jogos de Spaceball (sátira do Baseball) junto com Elroy.

Os personagens já estrelaram os especiais “The Jetsons Meet the Flintstones” (1987), “Rockin with Judy Jetson” (1988) e o longa animado para os cinemas “Jetsons: The Movie” (1990). No início de 2017, a Warner lançou em DVD e Blu-ray o filme animado “The Jetsons & WWE: Robo-WrestleMania”, com a participação de lutadores da WrestleMania (WWE).

Um filme baseado na família futurista parece estar longe de acontecer, já que dois dos projetos, sendo um com atores e outro animado, tiveram problemas em suas produções.

Abaixo, um comercial de 60 segundos lançado em janeiro de 2017 e produzido por Justin Lin (diretor de “Star Trek: Sem Fronteiras”) a pedido da empresa tecnológica Arconic. A ideia foi adaptar a animação sessentista Os Jetsons com atores de carne e osso, repensando também o visual.